Gestão de estoque: como ter controle de vendas e evitar a perda de mercadorias?

Gestão de estoque

A gestão de estoque está entre as principais tarefas a serem realizadas em negócios ligados ao armazenamento de produtos. Com ela, é possível alcançar o total controle de vendas. Consequentemente, fica fácil garantir que os desejos dos clientes sejam atendidos e que a validade de cada mercadoria seja respeitada. Para isso, existem métodos, como o inventário de estoque, que farão a diferença no seu trabalho.

Precisa de ajuda nessa tarefa? Fique tranquilo: explicamos, aqui, tudo sobre estoques e como levar seu negócio mais longe, de forma organizada e sem prejuízos. Você encontra, ainda, dicas para otimizar os processos e economizar. Preparado?

Controle de vendas e inventário de estoque

O inventário de estoque é a lista completa de todos os produtos guardados em sua empresa. Nele, há a identificação, a classificação e o valor de cada mercadoria. Entre os benefícios de contar com um sistema próprio para o inventário estão o melhor atendimento ao cliente, o maior acerto ao realizar pedidos e a organização. Além, claro, de ter auxílio para atender aos requisitos da legislação do comércio.

Os dados presentes no inventário são ideais para acabar com as perdas de produtos fora da validade. Baseado no controle de informações, o sistema ajuda você a definir quando é necessário buscar práticas para impulsionar a venda de itens perto do vencimento. Nesses casos, estratégias como reorganizar as prateleiras ou reduzir os preços em situações urgentes costumam ser eficazes para evitar prejuízos.

Ao utilizar o inventário de estoque, lembre-se de registrar as entradas e as saídas. Ou seja, relacione tudo o que foi vendido, assim como as novas compras. No sistema de gestão, o registro é feito de forma fácil e rápida. E o benefício maior é a segurança e a coerência dos dados, que tornam o acompanhamento da movimentação mais acessível.

Otimizando processos: dicas extras para a gestão de estoque

Começando pela compra na medida certa, nunca adquira produtos sem antes realizar o planejamento financeiro e do espaço de sua loja ou depósito. Dessa forma, é possível evitar a aquisição de itens em excesso, com atenção especial aos que você sabe que têm menos saída. Outra vantagem é que, com a programação certa de compra, fica mais simples conseguir preços vantajosos.

De volta ao quesito espaço, o lugar em que as mercadorias são armazenadas precisa ser limpo e organizado. Defina a posição de cada item, levando em consideração fatores como a temperatura e a umidade e reconhecendo se podem afetar ou não o seu produto. É interessante, também, ter normas que definam horários para a movimentação de mercadorias, seguindo as informações de entrada e saída fornecidas pelo sistema de gestão.

Com ele, outra dica é usar a tecnologia ao seu favor. Os softwares, que apresentam soluções para atacado, varejo, distribuição e indústrias, permitem a troca de dados automatizada. Como resultado, permitem ganhar tempo e melhorar o controle de seu estoque. E mais: a emissão de notas fiscais, agilizando o procedimento para transportadoras e fornecedores, torna-se transparente e descomplicada.

Agora, conhecendo melhor sobre a gestão de estoque e como ter controle de vendas, aproveite o ritmo e confira também nosso artigo com dicas de otimização de distribuidores. Juntos, podemos construir, cada vez mais, histórias de sucesso!

Deixe uma resposta